4 opções de financiamento estudantil cursos de graduação

Muitos alunos procuram vagas em universidades publicas porque é gratuita, mais se não conseguiu vaga e não possui de recursos financeiro suficiente para pagar um curso particular de graduação, saiba que possui outras opções como o financiamento estudantil que pode ser uma saída viável procurar o fies 2020.

Fies é a primeira dica por possuir os juros mais baixo, e de fácil contratação, também possuem outras opções bem viáveis no mercado, vamos conhecer 4 tipos de financiamento estudantil que ajuda muito na hora de pagar o curso e consegui se formar no ensino superior.

É o sonho de fazer um curso superior e virar universitário, para isso essas 4 opções vão ajudar muito.

FIES

Para participar, o aluno que estiver dentro das regras do programa, deverá está fazendo sua inscrição através do site oficial do programa. As inscrições FIES 2021 acontecem 2 vezes ao ano.

Sendo a primeira logo após a liberação das notas do ENEM 2020 e o fechamento das vagas de primeira chamada do SISU 2020.

FIES: são oferecidas as vagas que terão juros zero, para os estudantes com renda familiar de até 3 salários mínimos. O pagamento ocorrerá após a formação do seu curso de acordo com o limite disponível de sua renda, tornando seus encargos de forma consideravelmente menores.

Pravaler

Atualmente esta iniciativa já está presente em 23 estados brasileiros e no Distrito Federal e já beneficiou mais de 80 mil alunos em todo Brasil.

Assim como outros programas de financiamento, o Caixa FIES 2021 não oferece bolsas de estudos para os seus estudantes, pois este programa nada mais é do que um empréstimo, porém, voltado exclusivamente para o pagamento de dívidas estudantis.

Etapas de inscrição

Etapa de Simulação;
Análise de Crédito estudantil;
Envio dos documentos de forma online;
Finalização do contrato e oficialização da matrícula.

CredIES

Lançado em 2015, o CredIES é um financiamento da Fundacred que, similar ao Pravaler, pode ser contratado mais facilmente que o FIES. Você faz um cadastro, simula o crédito, verifica se a instituição de ensino desejada está na lista de IES conveniadas e realiza a solicitação. A restituição inicia após a data prevista da formatura, diretamente à Fundacred.

Como já dito, este programa não possui uma burocracia densa para inscrição de novos candidatos, apenas bastante que o estudante interessado apresente um fiador e seus documentos.

Confira alguns detalhes:

Taxas e juros: taxa administrativa de 0,35% ao mês, livre de juros remuneratórios;

É necessário que o estudante tenha um fiador e apresente as documentações requisitadas, respeitando prazos e processos da Fundacred e instituições de ensino;

Durante a análise, o nome do estudante não passa por consulta aos serviços de proteção de crédito, apenas o do fiador indicado;

Não exige nota do ENEM, mas é preciso estar aprovado(a) no processo seletivo da faculdade.

Financiamento estudantil da própria instituição

ma modalidade de crédito universitário que tem crescido muito no Brasil é o financiamento próprio das IES particulares. Segundo o Inep, entre 2014 e 2017, o número de instituições que passaram a oferecer o auxílio foi de 14,4% para 28,3%.

Antes de tudo, verifique com a faculdade de interesse se ela oferece isso e como funciona.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*